Notícias

Sacos de pão levam literatura às mesas de Araxá

11 de junho de 2018

Com a sétima edição do Fliaraxá se aproximando, o festival leva literatura às mesas dos moradores da cidade. A partir desta semana, todas as padarias da Araxá passarão a distribuir seus pães em sacos de papel especialmente confeccionados para o evento. Sucesso nos anos anteriores, a iniciativa homenageia, nesta edição, a escritora araxaense Leila Ferreira, com trechos de seu novo romance O Amor que Sinto Agora. O VII Fliaraxá acontece entre os dias 27 de junho e 1 de julho nas dependências do Tauá Grande Hotel de Araxá, em Minas Gerais.

Impressas em três tamanhos (1, 3 e 5kg), as embalagens trazem trechos selecionados de O amor que sinto agora, mais recente livro de Leila Ferreira. A obra mistura realidade e ficção, apresentando um desabafo corajoso e emocionante em forma de cartas escritas pela protagonista Ana para a sua mãe.

Leila Ferreira é formada em Letras e Jornalismo, com mestrado em Comunicação pela Universidade de Londres. Foi repórter da Rede Globo Minas, colaboradora de vários jornais e revistas e durante dez anos apresentou o programa Leila Entrevista (Rede Minas de Televisão e TV Alterosa), por onde passaram mais de 1.600 entrevistados. É autora de cinco livros, entre eles os best-sellers A arte de ser leve e Que ninguém nos ouça, ambos publicados pela Editora Planeta.

VII Festival Literário de Araxá – Fliaraxá

O time de curadores é formado pelo criador do Festival, Afonso Borges, a professora  Heloisa Starling, da UFMG, o jornalista Eugenio Bucci, da USP e o escritor Leo Cunha. Os curadores locais são Luiz Humberto França e Rafael Nolli. O Fliaraxá é uma realização da CBMM e do Ministério da Cultura, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, com o apoio da Itaú, Cemig, Prefeitura Municipal de Araxá, Fundação Roberto Marinho, Câmara Brasileira do Livro, Câmara Mineira do Livro, Academia Araxaense de Letras, TV Integração e Uniaraxá. Toda a produção do evento está a cargo da Rubim Produções.

 

[fbcomments]