Notícias

Marina Colasanti debate as mulheres na literatura brasileira

16 de maio de 2018

Quem são essas mulheres que estão fazendo a literatura brasileira? A instigante pergunta da nome a um dos painéis que terão a ilustre presença de Marina Colasanti em 2018. Ela é uma de nossas homenageadas. A outra é Ana Maria Machado. Eis aqui, duas mulheres fortes e fundamentais na história da literatura brasileira.

 

Marina nasceu na Etiópia e mudou-se com a família para o Brasil em 1948. Em 2017 ela completou 80 anos e agora celebra 70 no Brasil. As efemérides foram marcadas por lançamentos. Muitos. Este ano, poemas adultos serão reunidos em Mais longa vida e tem ainda o infantil Classificado e nem tanto 2, ambos a serem publicados pela Record. Em 2017 lançou Tudo Tem Princípio e Fim pela Brinque-Book.

A lista de obras publicadas do currículo dela é aquela coisa que parece não ter fim.  São mais de 50 títulos publicados para todos os públicos. Por isso, na passagem pelo Fliaraxá 2018 Marina também vai bater um papo com os adolescentes.

Antes das letras, Marina Colasanti estudou pintura, participou de diversos salões de artes plásticas, até começar a escrever para jornais e também roteiros. Publicou o primeiro livro em 1968: Eu sozinha. Nunca mais parou. Em seus livros, a autora reflete, a partir de fatos cotidianos, sobre a situação feminina, o amor, a arte, os problemas sociais brasileiros, sempre com aguçada sensibilidade. É casada com o escritor Affonso Romano de Sant’anna.

Além de Marina Colasanti e Ana Maria Machado – autoras homenageadas – o painel Quem são essas mulheres que estão fazendo a literatura brasileira? também terá a participação de Maria Mazarello Rodrigues.

[fbcomments]