Notícias

FliAraxá 2018 terá conversa aberta e franca com Jout Jout

9 de maio de 2018

Ela tem quase o toque de midas. Bastou escancarar para a internet brasileira o quanto se emocionou com o livro infantil “A parte que me falta”, que não sobrou um exemplar à venda. Ele foi escrito e ilustrado pelo americano Shel Silverstein (1930-1999).

Esse é somente um, entre os tantos, casos em que a espontaneidade de Jout Jout viralizou. É uma mulher que não tem medo de se posicionar e nem de se emocionar. É autêntica.

Foi em 2014 que a então estudante de jornalismo Júlia Tolezano resolveu abrir um canal no YouTube para comentar temas diversos. Assim nasceu o JoutJout Prazer. A coisa foi crescendo, crescendo e em pouco mais de dois anos ela se tornou uma das YouTubers mais influentes do Brasil. Com uma diferença: fala com consistência e humor.

Ela estará no FliAraxá para uma conversa aberta e franca. Afinal, é isso que ela faz de melhor. Confira um dos vídeos mais assistidos do canal:

https://www.youtube.com/watch?v=I-3ocjJTPHg

Ah, e aqui o tal do livro A parte que me falta que se tornou o campeão de visualizações com mais de 4,5 milhões views.

https://www.youtube.com/watch?v=GFuNTV-hi9M

Em 2016, Jout Jout lançou o livro Tá Todo Mundo Mal. A obra tem a mesma vibe do canal. Com irreverência, Júlia fala sobre as crises. E elas são diversas. Confira aqui alguns trechos do livro (https://www.companhiadasletras.com.br/trechos/13991.pdf).

Comentarios

comments