Notícias

Djamila Ribeiro estará em Araxá para debater o lugar de fala na sociedade contemporânea

8 de maio de 2018

Mais que o nome de um livro, uma pergunta muito interessante a se pensar: O que é lugar de fala?

É para também falar sobre a obra de acertado título que Djamila Ribeiro estará no FliAraxá. Ela participa das mesas Raça, gênero e classe: estigma, diversidade, cidadania com Márcia Tiburi e Nilma Lino; e Raça, pós-emancipação, violência e cidadania no Brasil: 130 anos de abolição com Angela Alonso e Ricardo Aleixo.

E olha, que necessidade de debate é o que não falta todos estes temas. Sobretudo quando convivemos em uma sociedade que “tem como norma a branquitude, masculinidade e heterossexualidade”. Como afirma a descrição do livro, é um conceito “se faz importante para desestabilizar as normas vigentes e trazer a importância de se pensar no rompimento de uma voz única com o objetivo de propiciar uma multiplicidade de vozes”.

Feminista e pesquisadora na área de Filosofia Política, Djamila foi secretária-adjunta da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo. O ativismo desempenhado na internet fez com que ela se tornasse conhecida no Brasil inteiro.

O que é lugar de fala? faz parte da coleção Feminismos plurais lançada pelo Grupo Editorial Letramento. São obras que abordam temas caros para nossos dias como o lugar de fala, o encarceramento das massas e empoderamento, por exemplo.

Djamila sempre atuou publicamente em temas relacionados a questões raciais e de gênero e feminismo. É colunista online da CartaCapital, Blogueiras Negras e Revista Azmina e possui forte presença no ambiente digital.

Confira o vídeo em que ela fala mais sobre O que é lugar de fala?.

https://www.youtube.com/watch?v=S7VQ03G2Lpw

 

[fbcomments]