Clique em um nome para mais informações.

 

Ala Mitchell

É autor de livros espíritas infantis da Turma da Mônica, em parceria com Maurício de Sousa e Luis Hu Rivas.

Alice Ruiz

Poeta e haikaista, Alice Ruiz tem mais de 20 livros publicados, entre poesia, traduções e uma história infantil. Compõe letras desde os 26 anos – tem diversas canções gravadas por parceiros e intérpretes. Lançou, em 2005, seu primeiro CD, o Paralelas, em parceria com Alzira Espíndola, pela Duncan Discos, com as participações especialíssimas de Zélia Duncan e Arnaldo Antunes.

Aline Bei

Escritora paulista nascida em 1987. Depois de ganhar o Prêmio Toca, criado pelo escritor Marcelino Freire, escreveu em 2017 seu primeiro romance, O Peso do Pássaro Morto. Com ele, foi a vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura de 2018 na categoria Melhor Romance de Autor com Menos de 40 anos.

Almir Garcia Fernandes

Doutor em Direito Comercial, Mestre em Direito, Especialista em Direito Processual Civil.  Atualmente é professor do Centro Universitário do Planalto de Araxá e Prof. Convidado da Universidade Federal de Uberlândia, atuando principalmente nos seguintes temas: Direito Empresarial e Civil.

 

Autor de um livro e  tem artigos publicados em revistas científicas.

Ana Clara Saso

Ana Clara Saso tem 12 anos. Começou a escrever aos seis anos de idade e, aos sete anos, publicou seu primeiro livro “Sonhos de uma sapeca levada da breca”, com poemas para colorir.

Em junho de 2018 lançou seu segundo livro “Mini Ninjas” uma perigosa jornada. Um livro repleto de aventura, suspense e magia.

Ana Elisa Xavier

Psicóloga, Pós-graduanda em Políticas Sociais ,formação pela abordagem centrada na pessoa pelo Centro Psicologia. Atua na área da psicologia social e clínica com as temáticas da violência nas relações de gênero. Integrante da Comissão de Mulheres e Questões de Gênero do CRP-MG.

Ana Paula Machado Kikuchi 

É formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade de Uberaba (Uniube) e pós-graduanda em Docência em Ensino Superior pelo Centro Universitário do Planalto de Araxá.  Em 1996, fundou o jornal impresso Clarim em Araxá. É membro da Academia Araxaense de Letras.

Antonio Carlos Secchin

Ensaísta, poeta e ficcionista, é autor de dez livros.  É professor visitante de várias universidades estrangeiras – na França, em Portugal, na Itália, na Venezuela, no México e nos Estados Unidos. Também é responsável por várias seletas e obras completas de poetas brasileiros, como Castro Alves, Cecília Meireles, Ferreira Gullar e Júlio Salusse.

Antonio Prata

Escritor, colunista da Folha de São Paulo, e roteirista de cinema e TV. É autor de Meio intelectual, meio de esquerda (Editora 34, 2010), vencedor do Prêmio Brasília de Literatura na categoria Contos e Crônicas, e Felizes quase sempre (Editora 34, 2012), finalista do Prêmio Jabuti na categoria Infantil. Em 2012, foi um dos vinte autores selecionados para a edição “Os melhores jovens escritores brasileiros” pela Granta.

Antônio Torres

Escritor brasileiro autor de 17 dezessete livros.  Ao longo da sua carreira ganhou alguns dos mais importantes prêmios nacionais, como o Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da sua obra. Entre seus livros mais conhecidos figuram os que compõem a trilogia “Essa Terra”, “O cachorro e o lobo” e “Pelo fundo da agulha”. Com várias edições no Brasil, livros de Antônio Torres vem sendo traduzido em vários países, dentre eles Argentina, Vietnã e Paquistão.

Arahilda Gomes Alves

É escritora, poeta, cronista, compositora, promotora de eventos é membro da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, da Academia de Letras de Teófilo Otoni, faz parte da Associação de Letras e Artes Luso-Brasileira, Academia Internacional do Brasil, é cônsul poetas Del Mundo e Embaixadora da Paz.Tem 4 livros sendo o mais recente o Conta Cantos.

Augusto Cipriani

É mestre em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente cursa o doutorado pela mesma instituição, pesquisando relações entre poesia contemporânea e artes visuais no Brasil. Recentemente finalizou seu período de doutoramento sanduíche sob a orientação da profa. Véronique Plesch (Colby College, EUA).

Birgit Yara Frey Riffel

Professora de Ensino Profissional Tecnológico de Nível Médio e de Graduação, é mestre em Física e doutora em Educação. Atualmente exerce o cargo de Diretora Adjunta do Campus Araxá do CEFET-MG.  É autora do livro “Enxergando no escuro”, voltado à educação de jovens com deficiência visual.

Bruno Barbosa Borges

Advogado. Atualmente Coordenador do Curso de Direito e Professor do UNIARAXÁ.  Possui artigos e capítulos de livros publicados, atuando principalmente no Direito Internacional dos Direitos Humanos e Direito Constitucional.

Autor dos livros: ” Justiça de Transição: A transição inconclusa e suas consequências na democracia brasileira” pela Editora Juruá (2012), e “O Controle de Convencionalidade no Sistema Interamericano: entre o conflito e o diálogo de jurisdições” pela Editora Lumen Juris (2018).

Carla Madeira

Publicitária, diretora de criação da Agência Lápis Raro, de Minas Gerais. No ano passado lançou seu segundo livro “A natureza da mordida”. Seu primeiro livro “Tudo é rio” conquistou leitores de todo o país e encabeçou a lista dos mais vendidos da editora Quixote+Do.

Cátia Lemos

É presidente da Academia Araxaense de Letras. Graduada em História, Pedagogia. É psicopedagoga, pós-graduada em Didática, Psicologia da Educação e Supervisão Escolar. Foi professora de história no UNIARAXÁ. Foi diretora dos Museus Municipais e da Biblioteca Municipal Viriato Correa.

Atua na imprensa de Araxá como articulista e colunista social exercendo função jornalística associada às funções literária e histórica.

Celeste Moura

É professora e suporte pedagógico do UNIARAXÁ. Graduou-se e especializou-se em História. Tem Doutorado em Educação – na Linha de Pesquisa “Conhecimento, Linguagem, Pensamento e Arte”. É coordenadora do – Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação (GEPE), no UNIARAXÁ. É autora do livro “Escola e Gênero: produção de meninas e mulheres cidadãs”, lançado no FLIARAXA em 2017.

Celso Alexandre de Souza Lima

Celso Alexandre de Souza Lima, Jornalista, Relações Públicas e Publicitário. Possui MBA em Turismo e Hotelaria pelo Centro Universitário UNA/BH.  Foi sócio do Clube da Cozinha Araxaense  e depois participou da criação do Clube dos Amantes do Vinho de Araxá.

Cesar Campos

É jornalista formado em Comunicação Social pela Universidade de Uberaba e pós-graduado em Gestão de Pessoas e Projetos Sociais pela Universidade Federal de Itajubá. Tem ainda especializações em reportagem, edição jornalística e economia pela Universidade Corporativa da Globo – Uniglobo.  É repórter da TV Integração / Afiliada Rede Globo há 10 anos, colunista do jornal Correio de Araxá onde escreve sobre literatura, política e economia.

Claudelir Clemente

Claudelir Clemente é antropóloga, docente na Universidade Federal de Uberlândia. Autora de artigos e organizadora do livro Culturas Negras e Ciências Sociais no Século XXI: as perspectivas afrocentradas, publicado em 2018, pela editora EDUFU.

Clóvis de Barros Filho 

Advogado, jornalista, escritor e professor. É coautor do livro “A Vida Que Vale a Pena Ser Vivida” (em parceria com Arthur Meucci), “Somos Todos Canalhas” (em parceria com Júlio Pompeu), “Ética na Comunicação”, “A Filosofia Explica as Grandes Questões da Humanidade”, “Teorias da Comunicação em Jornalismo – Reflexões Sobre a Mídia”, entre outros. Palestrante, é atualmente um dos mais requisitados do Brasil. Suas aulas e palestras sobre ética já foram ouvidas por milhões de pessoas em todos os estados do país, e também no Uruguai, França, México, Argentina, Espanha, Portugal entre outros.

Cris Guerra

É publicitária, escritora, colunista e palestrante. Cris escreve nas revistas Pais&Filhos e Vida Simples, assina a coluna “Inspiração“, na Rádio BandNews FM de Belo Horizonte. Autora de 6 livros, 3 deles best-sellers brasileiros, viaja o Brasil falando sobre comportamento, estratégia e criatividade.

Cristovão Tezza

Romancista, contista e professor. Em 1988 publica seu primeiro livro de ficção, Trapo, que o torna reconhecido nacionalmente. Seguem outros títulos bem-sucedidos e premiados, como Aventuras Provisórias e O Filho Eterno. Em 2009 abandona a vida acadêmica para dedicar-se exclusivamente à literatura. Seu romance mais recente, Um Erro Emocional, é publicado em 2010, e em 2011 lança o volume de contos Beatriz.

Daniel Bicalho

Daniel Bicalho nasceu em Divinópolis, MG. É livreiro (há 30 anos comanda a livraria Boutique do livro, uma das mais longevas do interior mineiro), músico, produtor da FLID – Festa Literária de Divinópolis e do FELITA – Festival Literário de Itapecerica. Em 2018 lançou seu primeiro livro infantil, “Como enfrentar um boi bravo”

Daniela Zupo

Jornalista, escritora e documentarista brasileira, criou e dirigiu a premiada webserie “Amanhã Hoje é Ontem”, selecionada para o RioWebFest como uma das melhores webseries de 2016. Autora do livro “ Amanhã Hoje é Ontem” que marcou sua estreia na literatura retratando sua experiência com o diagnóstico e tratamento de um câncer de mama. Atualmente é comentarista da Radio Itatiaia, palestrante e apresentadora do programa  “Meus discos, meus livros e nada mais” veiculado em seu canal no YouTube e no portal BHAZ.

Denise Arantes

É contadora de histórias, escritora, artista mosaicista e acima de tudo, mãe e dona de casa, apesar de ser formada em direito. Leva a vida construindo mosaicos aqui e ali, seja com palavras, azulejos, histórias… Autora dos livros Básico do Básico  e o infantil Era Uma Vez.

Domingos Antunes

Radialista, jornalista, publicitário, tem dois livros publicados: Conceitos e Conclusões – um jeito diferente de ver e entender o mundo em que vivemos,  todo escrito sem o uso da vogal “ A “.

E o segundo Liporema Meropil: na floresta de alfabeto e o sumiço das vogais, todo sem vogais , que já foi adotado por algumas escolas.

Edilson Rodrigues Palhares

É professor do CEFET-MG de Araxá. Graduado em Artes Plásticas, especialista em Educação pela Uniaraxá, mestre e doutor em Ciências Sociais e Antropologia pela PUC-SP Considera o gênero ficção científica uma das ferramentas artísticas com mais potencial para a Educação, tanto tecnológica quanto humana. Seu desejo é a conscientização sobre o papel de cada um para um mundo melhor, onde a utopia é que a distopia da ficção continue sempre a ser no mundo real, uma vital forma de arte.

Edney Silvestre

Jornalista e escritor, ganhador do Prêmio Jabuti de Melhor Romance em 2010, assim como o Prêmio São Paulo de Literatura no mesmo ano. Foi correspondente internacional da Rede Globo nos Estados Unidos, onde cobriu os ataques terroristas em setembro de 2001 e a devastação no Iraque.

Elisa Ventura

Filha do escritor e jornalista Zuenir Ventura, Elisa trabalhou em várias atividades ligadas à cultura antes do encontro marcado pelo destino com as livrarias. Elisa é proprietária da Blooks Livraria que tem três lojas físicas e participa frequentemente de feiras de livro. A Blooks também comercializa online  através da IndieBlooks, dedicada exclusivamente a editoras, autores, livros e filmes independentes.

Fê Liz

Fernanda de Oliveira, mais conhecida como Fê Liz, é autora de vários livros infantis, destacando-se a coleção de livros/cds Zoic. É ainda curadora de festivais literários e booktuber.

Francisco Ilídio Ferreira Rocha

Bacharel em Direito com especialização em Ciências, mestrado em Direito e Doutor em Direito Penal. Atualmente é professor do Centro Universitário do Planalto de Araxá. Experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, Sociologia e Filosofia.

Autor de vários artigos científicos nas áreas de ciências criminais e bioética, capítulos em obras jurídicas e autor do livro Manual de Biodireito pela Editora D’Plácido.

Glaura Teixeira Nogueira Lima

É historiadora, pesquisadora e professora. É doutora em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Desenvolve pesquisas na área de História Social com ênfase em Memória e Identidade, Cidade e Patrimônio Cultural, História e Região. É autora, dentre outros, de “O Diamante Líquido: história e memória da cidade balneária de Araxá”. É membro da Academia Araxaense de Letras.

Graziela Azevedo

A repórter Graziela Azevedo entrou na Globo em 1989. Foi correspondente em Nova York em 2005 e, atualmente, faz reportagens de São Paulo para todos os telejornais da emissora.

Heleno Álvares

É poeta, jornalista e compositor letrista. Tem cinco livros lançados, todos de modo independente.  O primeiro é “Desordem Contemporânea”, o segundo é “Observatório Insólito”, O terceiro é “O Escambau  o quarto é Labirintos.  O mais recente é Curtas Linguagens lançando no FliAraxá 2018 e com segunda edição agora em 2019.

Heloisa Starling

Professora na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), é autora de Os senhores das Gerais – os novos inconfidentes e o golpe de 1964 (1986) e Lembranças do Brasil – teoria política, história e ficção em Grande sertão- veredas (1999). Organizou a publicação de Republicanismo em El Brasil (2003), Brasil república (2003), da qual também é co-autora, e o CD-ROM Visionários: a imaginação republicana nas Minas Gerais nos séculos XVII, XIX, XX (2003).

Iara Rachid

Iara Rachid é divinopolitana, se formou em Cinema de Animação e Artes Digitais pela UFMG. Possui mais de 10 livros publicados por diversas editoras Divinópolis e Belo Horizonte, além de publicações independentes. No FliAraxá lança seu novo trabalho A Menina que não falava os vinte e outros papinhos doces.

Idelma Borges Costa

Poetisa com poesias publicadas em várias semanas da poesia, do TJMG e também com poesias publicadas nos livros: Poesia Livre, Concurso Nacional Novos Poetas 2018, pela Editora Nacional Vivara; CNNP, Concurso Nacional Novos Poetas 2018, pela Editora Nacional Vivara; e Prêmio Poesia Agora, pela Editora Trevo, todos de 2018.

Publicou os livros Apagão, o passo para a superação e O mundo não gira, capota!, pela Gulliver Editora.

Ignácio de Loyola Brandão

Escritor e jornalista, já publicou diversos romances, entre eles ‘Bebel que a cidade comeu’ (1968), ‘Não verás país nenhum’ (1981) e ‘Zero’ (1975) – censurado de 1976 a 1979 pelo regime militar, por descrever os anos de chumbo -, além de contos, crônicas, biografias, livros-reportagem e infanto-juvenis. Pela Ática, lançou em 1987 o livro ‘O homem do furo na mão’. Nos anos 1980, dedicou-se integralmente à literatura e, na década seguinte, retornou ao jornalismo diário. Em 2000, recebeu o Prêmio Jabuti de Melhor Livro de Contos por ‘O homem que odiava a segunda-feira’.

Janaína Silva

Jornalista pela Universidade de Uberaba. É repórter da Tv Sintonia, Assessora de Comunicação do projeto Tri Ciclo Espetáculos, editora do portal Diário Sintonia. Cantora, escreve poesias sobre o cotidiano de retratar histórias de variadas editorias, vivência do jornalismo.

João Eurípedes Sabino

Tem 13 livros publicados, é articulista, cronista e escreve para revistas e jornais alternativos é atualmente presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro

É Engenheiro Civil, foi auditor fiscal do Ministério do Trabalho,  Inspetor Regional–Chefe do CREA/MG, professor, fundador e primeiro Presidente do Fórum Permanente dos Articulistas de Uberaba e Região.

José Eduardo Agualusa

Angolano de ascendência portuguesa e brasileira, é considerado um dos mais importantes escritores africanos dos últimos tempos. Escreveu obras como “A conjura”, “Nação Crioula”, “O Vendedor de Passados” (prêmio de ficção estrangeira do jornal inglês The Independent) e “As Mulheres do Meu Pai”, os volumes de contos “Fronteiras Perdidas” e “Catálogo de sombras”, além das peças de teatro “Chovem Amores na rua do Matador” (com Mia Couto) e “Aquela Mulher”. As suas obras encontram-se traduzida em mais de vinte idiomas.

José Eduardo Gonçalves

 

José Eduardo Gonçalves,  jornalista, editor e escritor. Autor dos livros  Cartas do Paraíso (Mazza, 1998) e Vertigem (Record, 2003), foi organizador do livro “Ofício da Palavra” (Autêntica, 2014). É editor das coleções “BH. A Cidade de Cada Um”, com 33 títulos já publicados, e  “PERFIS.beagá”, com 5 títulos. Foi editor da revista de cultura Palavra e é um dos fundadores e editores da revista literária Olympio, lançada em 2018.

Josimar dos Reis de Souza

Bacharel e Mestre em Geografia. Atualmente é professor no Departamento de Formação Geral do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET/MG Campus Araxá. Doutorando em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Uberlândia.

Realiza pesquisas relacionadas a Centralidade Urbana e Qualidade de Vida em Cidades Médias.

Jovandir Batista

É educador, padre e coach. Fez os estudos filosóficos e teológicos pela PUC-Minas e Salesiana de Roma. Tem várias especializações, destacando a de Educador Social pela Católica de Brasília, Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral e Gestão em Salesianidade pela Unisal.

Juliana Rage

Psicóloga, atuante a mais de cinco anos na área Social.

Conhecida pelo seu perfil empreendedor, ao final de 2018 até o momento, tornou-se empresária no ramo de alimentação natural.  É coordenadora da Comissão de Mulheres e Questões de gênero, através do Conselho Regional de Psicologia, em Araxá. É uma das fundadoras da Feira Artesanal Criativa.

Karolina Cordeiro

É geógrafa, uma mãe que transforma a experiência de ter um filho com deficiência grave, em aprendizado e oportunidade de criar relações sociais significativas e importantes para um mundo melhor. Escritora, autora do Livro Infantil: Pedroca, O Menino que Sabia Voar.  Lançará no FliAraxá 2019 o livro Pedro, Pequeno Principe e o Meio Ambiente.

Leila Ferreira

Formada em Letras e Jornalismo, com mestrado em Comunicação pela Universidade de Londres. Foi repórter da Rede Globo Minas e durante dez anos apresentou o programa Leila Entrevista, na Rede Minas e TV Alterosa. É autora best-seller dos livros Viver não dói, A arte de ser leve e Mulheres: por que será que elas…?.

Leni Nobre de Oliveira

Professora de Ensino Profissional Tecnológico de Nível Médio e de Graduação, é Especialista em Literatura Brasileira pela PUC-MG, Mestre em Teoria da Literatura e Doutora em Literatura Comparada ambos pela UFMG. Atua na Unidade de Araxá do CEFET-MG também como Coordenadora do Pró-técnico.

É autora do livro de poesias “O sol brilha por si”.

Leo Cunha

Escritor, tradutor e jornalista brasileiro. Já publicou mais de 50 livros infantojuvenis. É um dos grandes nomes do setor em Minas Gerais e no Brasil, tendo recebido prêmios importantes como o Jabuti, o João-de-Barro, o Nestlé, o FNLIJ, o da Biblioteca Nacional, entre outros. Vários de seus livros foram selecionados para adoção em escolas do país.

Lilian Natal

Pós graduada em supervisão escolar, em historia do Brasil Contemporâneo e Pedagogia. É professora e coordenadora pedagógica. Prepara o lançamento do seu primeiro livro infantil.

Lucas Guimaraens 

Poeta, ensaista e tradutor. Atualmente é o Superintendente de Bibliotecas Públicas e Suplemento Literário de Minas Gerais. É autor de “Onde (poeira pixel poesia)”, pela editora carioca 7Letras; do livro de filosofia “Michel Foucault et la Dignité Humaine”, pela editora L’Harmattan; “33,333 – conexões bilaterais” com o artista plástico Fernando Pacheco, pela Azougue Editorial, e “Exil – Le lac des incertitudes”, pela editora L’Harmattan.

Lucrécia Leite

Educadora e contadora de histórias, desde 2009. Atualmente, é Contadora de Histórias Oficial da Livraria Leitura. Desenvolve Oficinas de Contação de Histórias para educadores e é membro da Rede Internacional de Contadores de Histórias (RIC).

Ludmila Garcia Ribeiro Nessralla

É Engenheira Civil Com especialização em Engenharia de Produção. Trabalhou na Construção Civil até 2017 e hoje é empresária. Tem no Instagram o blog “As Leitoras”criado em julho de 2017 e hoje conta com 14mil seguidores. Foram postadas quase 600 fotos com conteúdo literário e o projeto tem parcerias com empresas como o Grupo Editorial Pensamento e o Grupo Editorial Record.

Luiz Antonio Aguiar

Escritor, mestre em Literatura brasileira e professor em oficinas de criação literária. Como autor, ganhou o Jabuti em 1994, várias menções Altamente Recomendável, pela FNLIJ; a indicação para a lista de honra do IBBY, como tradutor; e a nomeação para o White Ravens 2008. Escreveu vários livros sobre Machado de Assis e sua obra, buscando popularizar a leitura desse autor.

Luiz Humberto França

Jornalista e escritor com especialização em literatura pela Universidade do Livro, da UNESP e pela Escola do Livro, da Câmara Brasileira do Livro. Tem três obras publicadas: Telejornalismo no Interior, Araxá 150 anos e O Colecionador de Histórias. Atua como mediador no projeto Sempre um Papo e um dos curadores do FliAraxá.

Luiz Ruffato

Formado em comunicação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, publicou vários livros, entre os quais a pentalogia Inferno provisório e o aclamado Eles eram muitos cavalos, que recebeu o prêmio APCA e o Machado de Assis, da Biblioteca Nacional.

Marcelo Matte 

O jornalista Marcelo Matte é o atual secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais. Foi editor-chefe do Jornal Hoje da TV Globo, editor do Jornal da Globo e chefe de redação da Editoria Rio. Por mais de 10 anos, foi diretor da Globo Minas.

Marco Haurélio

Poeta popular, professor, folclorista e editor. Viaja o país proferindo palestras e ministrando oficinas sobre o cordel e temas relativos à cultura popular brasileira. Em folhetos, entre outros, escreveu A História de Belisfronte, O filho do pescador, O herói da montanha negra, Presepadas de Chicó e astúcias de João Grilo e As três folhas da serpente.

Marco Lucchesi

Premiado poeta, escritor, romancista, ensaísta e tradutor brasileiro. É membro da Academia Brasileira de Letras, da Academia de Ciências de Lisboa, do Pen Club do Brasil e da Accademia Lucchese delle Scienze, Lettere e Arti.

Marcos Takeshi

Graduado em Administração), pós-graduado em Marketing, Gestão de Projetos e Planejamento Estratégico. Trabalhou na Receita Federal, TAM Linhas Aéreas e foi proprietário de 03 empresas.  Há 10 anos no SEBRAE, atualmente é responsável pela Agência de Atendimento de Araxá e pelos segmentos de inovação e economia criativa.

Marcus Paulo

Graduado em direito com mestrado em Direitos Coletivos e Cidadania e em Direitos Humanos, Interculturalidade e Desenvolvimento pela Universidad Pablo de Olavide, Sevilha na Espanha. Atualmente  é promotor de justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais e doutourando em Ciências Jurídicas e Políticas pela Universidad Pablo de Olavide. Tem cinco livros publicados, além de artigos e textos publicados em periódicos.

Maria Valéria Rezende 

Autora, tradutora e professora, dedicou-se à Educação Popular, em diferentes regiões do Brasil e no exterior, tendo trabalhado em todos os continentes. Ganhou um Jabuti em 2009, Categoria Infantil, com a obra “No risco do caracol” (Ed. Autêntica, 2008) e, em 2013, na Categoria Juvenil, outro Jabuti com o romance “Ouro dentro da cabeça” (Ed. Autêntica, 2012). Os Jabutis para Melhor Romance e Livro do Ano de Ficção chegaram em 2015, pelo seu romance “Quarenta Dias” (Ed. Alfaguara, 2014). O seu último romance “Outros Cantos” (Ed. Alfaguara, 2016) valeram-lhe o Prêmio Casa de las Américas (Cuba, 2017), o Prêmio São Paulo de Literatura e o terceiro lugar no Prêmio Jabuti 2017.

Mariana Carneiro

Jornalista com ampla experiência em TV, jornais impressos e em mídias sociais. Atualmente atua nos jornais “Correio de Araxá” e “O Planalto”.  Criadora do instablog “Pressão na Banha”   com dicas e postagens voltadas para o mundo fitness.

Marina Colasanti

Escritora, jornalista e ilustradora publicou mais de 30 livros, entre histórias voltadas para o público infantil e enredos direcionados aos adultos. Dentre as diversas premiações recebidas, Marina Colasanti ganhou o Prêmio Jabuti de Poesia pelo livro Rota de Colisão, de 1993. Sua obra infantil também foi contemplada por esta premiação, conquistada por Ana Z Aonde Vai Você?. Marina, além de escrever, também ilustrou grande parte de seus livros infanto-juvenis.

Marina Colasanti

Escritora, jornalista e ilustradora publicou mais de 30 livros, entre histórias voltadas para o público infantil e enredos direcionados aos adultos. Dentre as diversas premiações recebidas, Marina Colasanti ganhou o Prêmio Jabuti de Poesia pelo livro Rota de Colisão, de 1993. Sua obra infantil também foi contemplada por esta premiação, conquistada por Ana Z Aonde Vai Você?. Marina, além de escrever, também ilustrou grande parte de seus livros infanto-juvenis.

Marta Porto

É jornalista, curadora de espaços, exposições e projetos artísticos. Lidera e apoia políticas e programas de organizações internacionais, governos, empresas e instituições para atender objetivos que vão desde a melhoria de processos de gestão, aprendizagem até à disseminação de valores éticos e humanísticos. Em 2004, foi co-fundadora da primeira empresa brasileira especializada em “comunicação por causas”, a XBrasil premiada internacionalmente como “case” de comunicação e arte.

Maurício Melo Junior

Jornalista, escritor, documentarista e crítico literário. Foi crítico literário e repórter de cultura do Correio Braziliense. É jornalista da TV Senado, onde dirige e apresenta o programa Leituras, dedicado à literatura brasileira.

 

Escreveu e publicou diversos livros infanto-juvenis, além de uma novela e um volume de crônicas.  Escreve resenhas literárias para o jornal Rascunho (Curitiba/PR). É membro do Instituto Casa de Autores, de Brasília, e da Associação Nacional dos Escritores.​

Mauro Maniglia

Engenheiro metalúrgico formado pela Universidade Federal de Ouro Preto, trabalhou como engenheiro na CBMM. Atualmente é sócio proprietário da Mergulho Sport Center e da Xprime academia. É co-fundador do Clube da Cozinha Araxaense e atual presidente.

Melina Costa Verissimo

Advogada, Licenciada em História. E também Pedagoga, pós-graduada em Docência no Ensino Superior e em Educação Empreendedora.  Gestora de Equipe de Mulheres e Guardiã de Círculos de Mulheres. É Realizadora do Circuito Florescer com o propósito de aproximar e conectar Mulheres, seus saberes e talentos, através de Workshops, Oficinas, Círculos, Rodas de Conversa e de Leitura.

 

Lança no FliAraxá seu primeiro livro Florescer.

Míriam Leitão

Jornalista especialista na área econômica, atualmente, apresenta o programa GloboNews Míriam Leitão e faz comentários no Bom Dia Brasil.  Em 2005, tornou-se a primeira jornalista brasileira a receber o prêmio Maria Moors Cabot, oferecido pela Escola de Jornalismo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. Em 2011, lançou o livro Saga Brasileira – A Longa Luta de um Povo por sua Moeda, pela editora Record. O livro conquistou a 54a. edição do Prêmio Jabuti (2012), na categoria Livro do Ano de Não Ficção. Em 2012, também conquistou o Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos com a reportagem, Caso Rubens Paiva: Uma História Inacabada.

Monja Cohen

Cláudia Dias Baptista de Sousa, mais conhecida como Monja Coen, estudou em escola pública, se tornou jornalista e trabalhou no renomado Jornal da Tarde. Viveu a ditadura e, em meio a morte e prisões de seus amigos, usou drogas e chegou a ser presa em uma cadeia na Suécia onde encontrou a meditação. Primeira mulher e primeira monja de ascendência não-japonesa a assumir a Presidência da Federação das Seitas Budistas do Brasil, a Monja Coen é também fundadora Comunidade Zen Budista e se tornou conhecida por compartilhar todo seu conhecimento de forma serena e acessível. É autora de vários livros dentre eles, “O sofrimento é opcional” e “Zen para distraídos”.

Paulo Fernando Silveira

É advogado, jurista aposentado, ex-professor é escritor atuando em Uberaba. É membro da Academia de Letras do Triângulo. Tem 17 livros publicados, sendo que sete foram incorporadas à Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos. Teve várias premiações literárias. É considerado o pai das rádios comunitárias no Brasil. Devido ao seu projeto de municipalização da concessão de autorização dessas rádios.

Paulo Martins

É bacharel em filosofia pela Faculdade Católica de Uberlândia e especialista em Filosofia Clínica pelo Instituto de Filosofia Clínica de Minas Gerais.  Atualmente está cursando pedagogia pelo Uniaraxá

Paulo Werneck

É editor de livros, jornalista e tradutor literário. Desde 2017, edita a revista Quatro Cinco Um, especializada na cobertura de livros. Editou, com Chico Mattoso, a revista literária independente Ácaro. Trabalhou na Companhia das Letras e Cosac Naify. Foi o editor responsável pela criação do caderno Ilustríssima, da Folha de S.Paulo (2010-13). Entre 2014 e 2016, foi o responsável pela curadoria de três edições da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

Pedro Bandeira

Escritor de mais de 20 livros infanto-juvenis. Destacou-se com a obra “A Droga da Obediência”. Recebeu o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro, em 1986 e a Medalha de Honra ao Mérito Braz Cubas, da cidade de Santos, em 2012. É o autor de literatura infanto-juvenil que mais vende livros no Brasil.

Pedro Gontijo

Idealizador da Literaturoterapia, autor dos livros “Escotoma: percepção ou preconceito” (romance), “O descobridor da geleira e outras histórias” (contos), “Alicismos” (crônicas)  e “Curvaturas” (poesia), Pedro Gontijo lançará na Fliaraxá 2019 o seu segundo romance: “A epidemia secreta” – uma ficção baseada em fatos reais.

Priscila Serato

Priscila Serato é formada em moda, mas desde 2011 optou por trilhar seu caminho no empreendedorismo criativo abrindo as portas do seu próprio ateliê, onde cria e desenvolve painéis têxteis artísticos para decoração de ambientes.

 

É organizadora do Jardim Criativo, evento que reúne setor da economia criativa de Araxá. Prepara-se para publicar seu primeiro livro voltado para a decoração.

Professor Pasquale

Professor de língua portuguesa, foi o idealizador do programa da TV Cultura Nossa Língua Portuguesa e colunista do jornal Folha de S.Paulo,  O Globo e Diário do Grande ABC, revista literária Cult entre outros. Notabilizou-se por popularizar a interpretação de textos e músicas, além de explicar questões gramaticais na mídia. Pasquale tem mais de 30 obras publicadas, dentre elas “Nossa Língua em Letra e Música” e “Ao pé da letra”.

Professor Pasquale

Professor de língua portuguesa, foi o idealizador do programa da TV Cultura Nossa Língua Portuguesa e colunista do jornal Folha de S.Paulo,  O Globo e Diário do Grande ABC, revista literária Cult entre outros. Notabilizou-se por popularizar a interpretação de textos e músicas, além de explicar questões gramaticais na mídia. Pasquale tem mais de 30 obras publicadas, dentre elas “Nossa Língua em Letra e Música” e “Ao pé da letra”.

Rafael Nolli

 

Poeta, formado em Letras e Geografia. Atua como professor na rede particular. Publicou, dentre outros, o livro de poemas Elefante e Gertrude Sabe Tudo, obra infantojuvenil. Tem poemas publicados em diversas antologias e nas principais revistas digitais do país.

Renato Muniz B. Carvalho

É geógrafo, especialista em educação e mestre em Geografia. Professor aposentado, escritor e ambientalista.  É autor dos seguintes livros: A cidade perdida (1998), Crônicas impertinentes (2008), Os bichos são gente boa (2010), A máquina de ensinar (2014), Quando a saudade é o tempero (2018) e Beija na boca não pode (2019) com lançamento no FliAraxá.

Renato Zupo

Formado e pós-graduado em Direito, foi advogado e professor universitário. Hoje é juiz de direito em Araxá.  É escritor com quatro livros publicados com tiragem nacional: Verdugo, Rio da Lua, a coletânea de novelas Monstruário – O Bestiário da Maldade e ainda Inteligência Prática.

Seus textos espalham-se por diversas publicações mineiras e há inúmeros trabalhos literários e jurídicos seus em revistas especializadas. É colunista de periódicos impressos e virtuais e membro da Academia Araxaense de Letras

Ricardo Linhares Godinho

Autor de telenovelas, teve sua primeira experiência em novela como colaborador de Aguinaldo Silva em O Outro, em 1987. Pupilo de Aguinaldo, trabalhou com o autor também em Tieta, Pedra Sobre Pedra, Fera Ferida, A Indomada e outras. Com Gilberto Braga, colaborou em O Dono do Mundo, Celebridade e na minissérie Anos Rebeldes, e foi coautor em Paraíso Tropical, Insensato Coração e Babilônia. Meu ‘Bem-Querer” e “Agora é que são elas” foram suas primeiras novelas solo.

Rodrigo Feres

Rodrigo Feres criou o Levir (ler + ouvir) reconhecido pela Biblioteca Nacional do Brasil, órgão que regula a literatura toda do país, como novo método de leitura.  Lançou 4 ebooks, E um livro físico “Tudo o que não tem fim”, pela editora SESI SPcom os 3 ebooks mais vendidos compilados, e com a trilha sonora disponível por QR-code.

 

Participou de várias feiras literárias no Brasil e no exterior e lançou em 2018 o infantil A Bola Fantástica, pela editora Gulliver.

Sarah Salerno

Sarah foi alfabetizada aos 4 anos, hoje está com 8, tem o sonho de ser escritora. Desde pequena, fazia suas próprias publicações, escrevia suas histórias, fazia as ilustrações e às vezes usava recortes.

Ela sempre trabalhou muito os temas de inclusão, principalmente por presenciar as peculiaridades do irmão, sempre fala sobre o preconceito e a importância de ser feliz da forma que a pessoa entende como melhor.

Schneider Carpegianni

Jornalista e doutor em Teoria Literária, atuou como crítico de literatura e de cultura pop do Jornal do Commercio. É editor do Pernambuco, jornal literário do Estado de Pernambuco, e editor da Cesárea Editora. Já editou também a revista de ensaios ArtFliporto e atuou como curador de conteúdo da Expoidea e do Festival de Literatura do Recife, em 2012, 2013 e 2014. É curador da Bienal do Livro de Pernambuco, da Semana do Livro de Pernambuco e da Feira do Livro do Vale do São Francisco.

Sergio Abranches

Sociólogo, cientista político e escritor. É autor, entre outros, de Copenhague: antes e depois (Civilização Brasileira, 2010), sobre a política global do clima; e do romance O pelo negro do medo (Record, 2012).

Sérgio Sá Leitão

Jornalista e gestor público brasileiro. Atualmente é Secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Simone Paulino

Jornalista, escritora e mãe de Gabriel e Manuela. Criadora da editora Nós, Simone Paulino é autora de “Como Clarice Lispector Pode Mudar Sua Vida”, dentre outros.

Steven Byrd

É professor de espanhol e português na Universidade de Nova Inglaterra nos Estados Unidos. Atua no departamento de Sociologia, Cultura e línguas estrangeiras. Tem várias pesquisas sobre as influencias africanas no português do Brasil e sobre a culinária brasileira. Tem dois livros publicados: Outras terras- com crônicas e ensaios, e um sobre Calunga, o legado africano na linguagem do Brasil, além de artigos acadêmicos sobre a comida mineira e outros temas.

Tainá França Verona

Vive em Divinópolis, é Engenheira Civil pela UFMG, mestranda em Engenharia Urbana pela UFRJ e graduanda em Letras pela UEMG. em no Instagram o blog  “As Leitoras”criado em julho de 2017 e hoje conta com 14mil seguidores. Foram postadas quase 600 fotos com conteúdo literário e o projeto tem parcerias com empresas como o Grupo Editorial Pensamento e o Grupo Editorial Record.

Talita Taliberti

Executiva de Marketing com 15 anos de experiência em multinacionais. Atualmente é responsável pela Kindle Direct Publishing (KDP) da Amazon no Brasil.

Thiago Lacerda

Premiado ator e dublador, Thiago Lacerda fez grandes papéis em telenovelas e séries da Rede Globo. Atuou em “Hilda Furacão”, “O Beijo do Vampiro”, “Celebridade”, “Sob Nova Direção” e muitas outras. O ator também tem no currículo trabalhos no cinema com destaque para “A Paixão de Jacobina”, “Se Eu Fosse Você”, “Segurança Nacional”, “O Tempo e o Vento” e muitos outros sucessos do cinema nacional.

Tom Farias

Jornalista, escritor, crítico literário, pesquisador, biógrafo, dramaturgo e roteirista. É autor de 11 livros, entre biografias, romance e ensaios literários.  Finalista do Prêmio Jabuti (2009) recebeu o prêmio “Sílvio Romero”, da Academia Brasileira de Letras, “Medalha Honra ao Mérito”, do Governo do Estado de Santa Catarina, e a “Medalha Cruz e Sousa”, da Câmara Catarinense do Livro, entre outros.

Vagner Fernandes

Jornalista, escritor, pesquisador e mestrando em Cultura de Massa, Cidade e Representação Social pela Faculdade de Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Com uma carreira que cobre mais de duas décadas de reportagens na área da cultura brasileira, contabiliza atuações em mídia impressa, rádio, televisão e internet, com passagens por Bloch Editores, O Globo, Jornal do Brasil, Rádio Jornal do Brasil, Vogue e L’Officiel.

Valter Hugo Mãe

Valter Hugo Mãe é o nome artístico do escritor português, nascido em Angola, Valter Hugo Lemos. Escritor, editor e artista plástico, possui livros publicados de poesia, contos e narrativa longa. Em 2007, atingiu o reconhecimento público com a conquista do Prêmio Literário José Saramago com o seu segundo romance, “ O remorso de baltazar serapião”. Em 2012, foi agraciado com o Prêmio Portugal Telecom pelo romance “A máquina de fazer espanhóis”, dentre outras premiações.

Vera Lúcia Dias

Articulista, ao longo dos anos, nos Jornais VOX, Jornal de Uberaba e Jornal da Manhã, tem quatro livros publicados-

Quando a Morte nos Visita , Nas Tramas da Vida,   Mensagens Psicografadas e Os Lutos Nossos de Cada Dia.

Vilma Cunha Duarte

Escritora, contista, cronista, repentista, poetisa. Formada em Letras, Pós-graduada em Literatura e Língua Portuguesa . Tem 6 Livros Editados além de 4 virtuais. Participou de 20 antologias e publicação em periódicos

 

É Membro da Academia Araxaense de Letras, Academia de Letras do Triangulo, Correspondente das Portuguesas Tertúlia Rafael Bordalo Pinheiro, Academia Internacional Heráldica Ae cademia Portuguesa de Ex-Libris

 

Lança no FliAraxá 2019 seu novo livro Aquarela de Aldravias.

Virmondes Afonso Ribeiro Junior

É fazendeiro e mesmo não tendo nunca escrito um livro tem uma memória invejável e sabe contar como ninguém um leque grande de causos típicos do interior mineiro. Situação contadas muitas vezes em bares e em fazendas envolvendo gerações atuais e antigas.

Participa do Fliaraxá pela primeira vez compondo mesa ao lado do amigo e colega de causos Canarinho.

Walter Soares dos Reis

Escritor e cronista. Canarinho como é mais conhecido cresceu ouvindo dos amigos, as histórias e casos tão comuns no interior e que caracterizam os diversos tipos populares. Chamou tanta atenção que foi convidado para escrever nos jornais locais.

Escreveu três livros: Dá Licença Vou Contar, Síndrome de Casanova e Doze Anos Depois. Agora no FliAraxá 2019, Canarinho relança seu ultimo trabalho: MENINO ATENTADO, pela Editora Gulliver, reunindo causos envolvendo personagens conhecidos de Araxá e região e que fazem todo mundo rir.